Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã e Arábia Saudita negociam remendar relações, alega Financial Times

Apoiadores do movimento iemenita houthi erguem os punhos e entoam palavras de ordem durante manifestação em frente à antiga embaixada dos Estados Unidos em Sanaa, capital do Iêmen, em 18 de janeiro de 2021 [Mohammed Hamoud/Agência Anadolu]

Oficiais sauditas e iranianos de alto escalão mantêm negociações diretas na tentativa de reparar relações entre os países, após quatro anos de ruptura diplomática, reportou o jornal Financial Times neste domingo (18), conforme fontes informadas sobre a questão.

Segundo as informações, uma primeira rodada de conversas entre Riad e Teerã ocorreu em Bagdá em 9 de abril e englobou debates sobre a intervenção militar liderada pela Arábia Saudita no Iêmen para combater a organização paramilitar houthi, ligada ao Irã.

O diálogo mostrou-se positivo, relatou a fonte.

Entretanto, um oficial saudita negou ao jornal britânico qualquer negociação com o Irã. A emissora de televisão libanesa Al Mayadeen  e a agência de notícias Unews também reportaram fontes iranianas contestando tais relatos.

Autoridades sauditas e iranianas não responderam à Reuters para comentar tais rumores.

LEIA: Houthi processará modelo do Iêmen por ‘violação dos códigos de vestimenta islâmicos’

Os relatos coincidem com as tentativas de Washington e Teerã de ressuscitar o acordo nuclear de 2015, rechaçado pela monarquia, além da pressão americana pelo fim da guerra no Iêmen, considerada conflito indireto entre Arábia Saudita e Irã.

Riad reivindicou um acordo nuclear com parâmetros mais rigorosos e alegou que os estados do Golfo devem participar das negociações para garantir diretrizes ao programa de mísseis iraniano e seu apoio a grupos por procuração na região.

A Arábia Saudita e seus aliados apoiaram expressamente a decisão do ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump de abandonar o pacto assinado com potências globais, em 2018, e restituir duras sanções à república islâmica.

Teerã respondeu ao violar diversas restrições sobre suas atividades nucleares.

Na última semana, um oficial do Ministério de Relações Exteriores da Arábia Saudita afirmou à Reuters que medidas para construir confiança podem abrir caminho para um diálogo abrangente sobre a posição iraniana, com participação dos estados do Golfo.

LEIA: Houthis alegam atacar estrutura antimísseis na Arábia Saudita

Categorias
Arábia SauditaIêmenIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments