Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Arábia Saudita vai multar peregrinos por realizarem o Ramadã Umrah sem permissão

Sauditas e residentes estrangeiros circumambulam a Kaaba (Tawaf), como parte da peregrinação da Umrah, no complexo da Grande Mesquita, na cidade sagrada de Makkah, em 4 de outubro de 2020. [Ministério saudita do Hajj e Umra/AFP via Getty Images]
Sauditas e residentes estrangeiros circumambulam a Kaaba (Tawaf), como parte da peregrinação da Umrah, no complexo da Grande Mesquita, na cidade sagrada de Makkah, em 4 de outubro de 2020. [Ministério saudita do Hajj e Umra/AFP via Getty Images]

O Ministério do Interior da Arábia Saudita decidiu multar qualquer pessoa que tentar realizar a Umrah sem obter uma licença em 10.000 riais sauditas.

O ministério afirmou que a implementação dessas medidas se insere no contexto de enfrentar e prevenir a propagação da covid-19 e garantir o compromisso de aplicar as normas preventivas aprovadas para a realização da Umrah e da oração.

O ministério exortou os cidadãos e residentes a cumprirem as instruções que estipulam que aqueles que desejam realizar a Umrah ou orar na Masjid Al-Haram precisam obter uma licença das autoridades competentes.

O ministério confirmou que o pessoal de segurança desempenhará as suas funções em todas as estradas, centros de controle de segurança, locais e vias que conduzem à área central em torno da Masjid Al-Haram, a fim de evitar qualquer tentativa de violação dos regulamentos em vigor.

LEIA: Hajj firma alerta sobre reserva sem requisitos atualizados

Categorias
Arábia SauditaCoronavírusNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments