Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Hajj firma alerta sobre reserva sem requisitos atualizados

Adoradores muçulmanos vistos na Grande Mesquita em Makkah, Arábia Saudita, em 4 de outubro de 2020. [Ministério Saudita do Hajj e Umra/AFP/Getty Images]
Adoradores muçulmanos vistos na Grande Mesquita em Makkah, Arábia Saudita, em 4 de outubro de 2020. [Ministério Saudita do Hajj e Umra/AFP/Getty Images]

Uma das principais agências de viagens no noroeste da Inglaterra, usada por muçulmanos que vão à Arábia Saudita para a peregrinação do Hajj, alertou que não aceitará reservas até receber atualizações oficiais do Reino, informou a Asian Image.

Altaf Arif, de Arif Hajj e Umrah, disse que os futuros peregrinos não devem pagar nenhum depósito por suas viagens até que a confirmação seja recebida pelas autoridades sauditas. “Estamos sendo inundados com as reservas do Hajj 2021. Agradecemos a confiança das pessoas em nossa equipe, mas, de acordo com nossa política, devemos aconselhá-los honestamente”, disse ele.

Não houve nenhuma declaração oficial do Ministério do Hajj e Umrah sobre a peregrinação deste ano. No entanto, na primeira semana de março, foi anunciado que os muçulmanos que desejam visitar Meca para a peregrinação anual devem fornecer prova de que foram vacinados duas vezes contra covid-19 e têm entre 18 e 60 anos.

No ano passado, o Hajj foi limitado a apenas 1.000 peregrinos que viviam na Arábia Saudita, como parte dos esforços do Reino para prevenir a propagação do coronavírus.

A Arábia Saudita iniciou seu próprio programa de vacinação em 17 de dezembro com Moderna, Pfizer e AstraZeneca aprovadas para uso.

LEIA: Arábia Saudita exige prova de vacina para aceitar peregrinos do Hajj

Categorias
Arábia SauditaCoronavírusNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments