Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel desafia Biden, constrói novas unidades de assentamento em Jerusalém

Uma visão geral de Ma'ale Adumim, um assentamento israelense ilegal a sete quilômetros de Jerusalém em 16 de março, 2021 [Agência Mostafa Alkharouf / Anadolu]
Uma visão geral de Ma'ale Adumim, um assentamento israelense ilegal a sete quilômetros de Jerusalém em 16 de março, 2021 [Agência Mostafa Alkharouf / Anadolu]

O comitê israelense de planejamento e construção em Jerusalém deve discutir planos para novas construções além da Jerusalém ocupada, revelou o jornal israelense Haaretz na terça-feira.

Esta é, segundo o jornal, a primeira vez que um plano de assentamento está sendo proposto e discutido desde o início do mandato do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

O Haaretz espera que o comitê aprove a construção das 540 unidades de assentamento propostas para a área entre os assentamentos de Har Homa e Givat Hamatos, na Jerusalém ocupada.

O jornal espera que as unidades de assentamento a serem construídas no assentamento de Givat Hamatos acomodem mais de 2.000 colonos.

A questão dos assentamentos em terras ocupadas é sensível para Biden, já que ele foi o oficial na administração de Barack Obama que pressionou Israel a parar de construir e expandir assentamentos.

LEIA: Colono israelense mata mulher palestina de 73 anos

Categorias
Ásia & AméricasEUAIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments