Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã saúda declarações dos EUA sobre levantamento de sanções ‘promissoras’

Foto de arquivo datada de 3 de abril de 2007 mostra uma bandeira iraniana fora do prédio que abriga o reator da usina nuclear de Bushehr na cidade portuária de Bushehr, no sul do Irã. [Behrouz Mehri/AFP FILES/AFP via Getty Images]
Foto de arquivo datada de 3 de abril de 2007 mostra uma bandeira iraniana fora do prédio que abriga o reator da usina nuclear de Bushehr na cidade portuária de Bushehr, no sul do Irã. [Behrouz Mehri/AFP FILES/AFP via Getty Images]

O Irã saudou as declarações “promissoras” feitas por autoridades norte-americanas sobre a possibilidade de suspender as sanções impostas à República Islâmica antes de seu retorno ao acordo nuclear de 2015.

“Achamos essa posição realista e promissora. Pode ser o início da correção do mau processo que levou a diplomacia a um beco sem saída”, disse o porta-voz do governo, Ali Rabiei, a jornalistas em Teerã.

Rabiei acrescentou que seu país não está otimista nem pessimista em relação às negociações nucleares que estão sendo realizadas em Viena, mas é certo que este é o caminho certo para retomar o acordo de 2015.

Se os Estados Unidos comprovarem sua seriedade e veracidade em relação ao negócio, esse é um indicador positivo de que o negócio pode ser restaurado e implementado.

Na sexta-feira passada, o enviado especial dos EUA ao Irã, Robert Malley, disse à PBS Newshour: “Os Estados Unidos sabem que, para voltar ao cumprimento, terão que suspender […] as sanções que são inconsistentes com [o acordo de 2015]”.

LEIA: EUA e Irã devem negociar acordo nuclear indireto em Viena

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments