Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Dezoito mortos em nova onda de violência tribal em Darfur Ocidental

Área de confronto entre nômades árabes e membros do grupo étnico não-árabe massalite, em El Geneina, capital de Darfur Ocidental, Sudão, 20 de janeiro de 2020 [AFP via Getty Images]
Área de confronto entre nômades árabes e membros do grupo étnico não-árabe massalite, em El Geneina, capital de Darfur Ocidental, Sudão, 20 de janeiro de 2020 [AFP via Getty Images]

Cerca de dezoito pessoas foram mortas, além de 54 feridos, como resultado de uma nova onda de violência tribal do estado de Darfur Ocidental, no Sudão, reportou na segunda-feira (5) o comitê médico não-governamental sediado na região.

Em nota, declarou o comitê: “Confrontos ressurgiram na cidade de El Geneina, capital de Darfur Ocidental, na noite de sábado e prosseguiram até domingo, deixando baixas e feridos”.

Dezoito mortes foram registradas como resultado da violência em curso, desde então.

O comitê exortou o governo a intervir contra a situação caótica em Darfur.

A rede Darfur 24 informou que “confrontos tribais deflagraram-se pelo segundo dia consecutivo em El Geneina”, sem conceder detalhes.

LEIA: UE destina € 70 milhões para apoiar famílias carentes do Sudão

Não houve qualquer anúncio oficial sobre o conflito.

O comitê destacou que, em meados de janeiro, a violência voltou a eclodir em El Geneina, devido a um confronto armado entre tribos árabes e massalites (não-árabes). Ao todo, 163 pessoas morreram e 217 ficaram feridas, na ocasião.

Nenhuma estimativa de baixas oficiais foi emitida, no entanto.

As tribos em questão assinaram um acordo para “suspender hostilidades” em 13 de fevereiro, segundo a agência estatal sudanesa SUNA – contudo, tensões prevaleceram.

Categorias
ÁfricaNotíciaSudão
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments