Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

UE destina € 70 milhões para apoiar famílias carentes do Sudão

Sudaneses se abrigam em um acampamento improvisado após as enchentes que arruinaram suas casas em Cartum, Sudão, em 8 de setembro de 2020 [Mahmoud Hjaj / Agência Anadolu]
Sudaneses se abrigam em um acampamento improvisado após as enchentes que arruinaram suas casas em Cartum, Sudão, em 8 de setembro de 2020 [Mahmoud Hjaj / Agência Anadolu]

A União Europeia (UE) anunciou no domingo que concordou em pagar uma segunda parcela de € 70 milhões de sua contribuição para um projeto que apoia famílias sudanesas empobrecidas.

“A nova fase do programa de apoio à família Samarat no Sudão é um dos componentes importantes do programa de reforma do governo de transição”, disse o chefe da delegação da UE no Sudão, Robert van den Dool, ao SUNA oficial.

A contribuição total da UE para o programa é estimada em € 310 milhões, dos quais € 93 milhões foram desembolsados ​​em setembro.

O Samarat é um programa econômico desenvolvido pelo governo de transição com o objetivo de mitigar os impactos econômicos das reformas governamentais nas famílias mais vulneráveis. O programa teria como alvo quatro estados: Darfur do Sul, Mar Vermelho, Kassala e o Estado de Cartum, como uma primeira fase, e fornece ajuda financeira a 80 por cento da população do país, estimada em 32 milhões de pessoas.

Pelo programa, cada cidadão recebe cinco dólares por mês.

LEIA: Banco Central do Sudão autoriza flutuação da moeda

Categorias
ÁfricaNotíciaOrganizações InternacionaisSudãoUnião Europeia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments