Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Rainha Noor da Jordânia descreve complô atribuído ao filho como ‘calúnia perversa’

Rainha Noor al-Hussein da Jordânia [Paul Morigi/Getty Images]
Rainha Noor al-Hussein da Jordânia [Paul Morigi/Getty Images]

Neste sábado (3), Noor al-Hussein, viúva do Rei Hussein da Jordânia, descreveu como “calúnia perversa” as alegações contra seu filho, o ex-príncipe herdeiro Hamzah bin Hussein, destituído da sucessão ao trono por seu meio-irmão e atual monarca, Abdullah II, em 2004.

Hamzah foi acusado de tentar sabotar a estabilidade do reino, ao incitar protestos populares, conforme informações obtidas pela agência Reuters.

Segundo o jornal The Washington Post, Hamzah e outros vinte indivíduos foram detidos por suposta ameaça à segurança nacional.

“Rezo para que a verdade e a justiça prevaleçam sobre todas as vítimas inocentes desta calúnia perversa”, escreveu a rainha jordaniana em sua página do Twitter. “Deus os abençoe e os mantenha em segurança”.

LEIA: Ex-príncipe herdeiro da Jordânia denuncia prisão por incitar suposto ‘levante popular’

Categorias
JordâniaNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments