Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Somália apela por financiamento urgente para ajudar 2,7 milhões de pessoas

Civis são atendidos no Hospital Regional da Baía em Baidoa, capital do Estado da Baía da Somália, em 28 de março de 2017. [Arif Hüdaverdi Yaman/Agência Anadolu]
Civis são atendidos no Hospital Regional da Baía em Baidoa, capital do Estado da Baía da Somália, em 28 de março de 2017. [Arif Hüdaverdi Yaman/Agência Anadolu]

A Somália apelou, na segunda-feira, por financiamento urgente para ajudar 2,7 milhões de pessoas que enfrentam a fome aguda com o agravamento das condições pré-seca no Chifre do país africano, relatou a Agência Anadolu.

“A Somália está pedindo aos doadores que forneçam financiamento suficiente e antecipado para aumentar a resposta de emergência, visto que as poucas chuvas projetadas e o impacto das enchentes, gafanhotos do deserto e a pandemia da covid-19 estão novamente empurrando para 2,7 milhões de pessoas em todo o país em direção a uma grande emergência humanitária”, disse o Ministério de Gestão de Desastres e Assuntos Humanitários da Somália em um comunicado.

A insegurança alimentar é alarmante, disse, acrescentando: “A menos que os provedores de ajuda aumentem imediatamente as operações de ajuda em algumas áreas antes da seca, isso deixará consequências desastrosas para milhões de pessoas”.

LEIA: Grupos de refugiados do Iêmen chegam à Somália

Há sinais de condições severas de pré-seca na província de Gedo, Jubaland, South West State, Puntland, Galmudug e Somalilândia, levando milhões de pessoas a uma situação de insegurança alimentar aguda, de acordo com o ministério.

Enquanto isso, a pandemia de coronavírus também piorou na Somália desde fevereiro.

Mogadíscio continua sendo o epicentro, seguido pela Somalilândia e Puntland, de acordo com o comunicado do ministério.

“Em resposta ao novo aumento nos casos de covid-19 nas últimas semanas, o governo tomou medidas, proibindo todas as reuniões públicas, fechando escolas e instruindo funcionários do governo a trabalhar em casa, exceto em alguns departamentos críticos”, disse o documento.

O país registrou até o momento um total de 10.085 casos de covid-19, com 429 óbitos e 4.498 recuperações.

LEIA: Programa Mundial de Alimentos vê ajuda acabando para meio milhão de refugiados da Síria na Jordânia

Categorias
ÁfricaCoronavírusNotíciaSomália
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments