Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Maior cooperação entre Turquia e União Europeia é necessária, diz chanceler turco

Mevlut Cavusoglu, Ministro das Relações Exteriores turco em Doha, Qatar, em 11 de março de 2021 [Cem Özdel/Agência Anadolu]
Mevlut Cavusoglu, Ministro das Relações Exteriores turco em Doha, Qatar, em 11 de março de 2021 [Cem Özdel/Agência Anadolu]

A Turquia trabalhará em conjunto com o Alto Representante da União Europeia, Josep Borrell, para continuar a agenda positiva, disse ontem o Ministro das Relações Exteriores de Ankara, Mevlut Cavusoglu, de acordo com a Agência Anadolu.

Cavusoglu reuniu-se com Borrell em Bruxelas e discutiu acordos bilaterais, questões regionais e outros assuntos.

“É necessária mais cooperação para atualizar a União Aduaneira, liberalização de vistos, migração irregular e a luta contra o terrorismo”, disse Cavusoglu.

Em 25 e 26 de março, a União Europeia (UE) realizará uma cúpula para abordar a crise dos migrantes e as relações com a Turquia.

Segundo o chefe da política externa da UE, Josep Borrell, o bloco buscará a renovação do acordo migratório de 2016 com a Turquia, que visava deter os fluxos irregulares de refugiados para a Europa e melhorar as condições dos refugiados sírios na Turquia como parte de um pacote de ajuda de 6 bilhões de euros (7 bilhões de dólares).

LEIA: Relatório da União Europeia sobre Turquia é ‘positivo’ mas ‘limitado’, afirma Grécia

A Turquia é o maior país anfitrião dos refugiados sírios e oferece proteção a cerca de 3,6 milhões de pessoas que fugiram da guerra.

Ontem, Borrell apresentou um relatório delineando as relações do bloco com a Turquia durante a reunião do Conselho de Ministros das Relações Exteriores.

O relatório incluía “agendas” positivas e negativas. No lado positivo, o relatório propõe a revisão do acordo de migração da UE com a Turquia que provavelmente incluirá uma nova injeção de fundos europeus.

Categorias
Europa & RússiaNotíciaOrganizações InternacionaisTurquiaUE
Show Comments
Show Comments