Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Presidente de Israel e chefe do exército visitam Europa para pressionar contra Haia

Presidente de Israel Reuven Rivlin durante coletiva de imprensa, ao lado do Presidente da Alemanha Frank-Walter Steinmeier (não visto), no Palácio Presidencial Bellevue, em Berlim, 16 de março de 2021 [Maja Hitij/Getty Images]
Presidente de Israel Reuven Rivlin durante coletiva de imprensa, ao lado do Presidente da Alemanha Frank-Walter Steinmeier (não visto), no Palácio Presidencial Bellevue, em Berlim, 16 de março de 2021 [Maja Hitij/Getty Images]

O Presidente de Israel Reuven Rivlin e o Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas Aviv Kochavi viajaram à Europa nesta terça-feira (16) a fim de conduzir um lobby intensivo contra a decisão do Tribunal Penal Internacional (TPI) de abrir uma investigação sobre violações na Cisjordânia, Faixa de Gaza e Jerusalém Oriental.

Rivlin e Kochavi devem participar de uma série de encontros na Alemanha, Áustria e França.

Conforme informações da rede Xinhua, o presidente israelense alegou conversar com líderes europeus sobre o “mau uso” da corte internacional contra “soldados e cidadãos” israelenses.

Segundo o jornal Israel Hayom, Rivlin declarou na última semana ter aceito convites dos presidentes dos três países europeus para realizar uma série de visitas.

O periódico israelense observou ainda que Rivlin e Kochavi debaterão o Hezbollah e a suposta ameaça iraniana, além das acusações de crimes de guerra cometidos nos territórios palestinos ocupados, recentemente acolhidas pela promotoria do TPI em Haia.

LEIA: Israel deve aceitar notificações de Haia sobre crimes de guerra, afirma expert em direito

Categorias
AlemanhaÁustriaEuropa & RússiaFrançaIsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestinaTPIUnião Europeia
Show Comments
Show Comments