Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Dois palestinos entram no 30º ano de detenção em Israel

Irmãos palestinos Ibrahim e Mohammad Aghbariah com seus pais antes de sua prisão por israelense em 1992 [Centro de Informações Palestino]
Irmãos palestinos Ibrahim e Mohammad Aghbariah com seus pais antes de sua prisão por israelense em 1992 [Centro de Informações Palestino]

Dois irmãos palestinos, Ibrahim e Mohammad Aghbariah, entraram em seu 30º ano consecutivo em prisões israelenses, informou a mídia local ontem.

O Clube dos Prisioneiros Palestinos publicou uma declaração de que os dois estão “entre 30 prisioneiros que Israel se recusou a libertar em 2014” como parte das negociações de paz, acrescentando que 26 dos detidos ainda permanecem “em cativeiro”.

Os Aghbariahs foram presos em 26 de fevereiro de 1992 e condenados à prisão perpétua. O clube acrescentou que foram detidos antes da assinatura dos Acordos de Oslo.

Ibrahim, 55, e Mohammad, 52, puderam completar seus estudos, obter o título de mestre e publicar livros durante sua detenção.

Há cinco mil palestinos detidos em prisões israelenses, de acordo com grupos de direitos humanos.

LEIA: Cinco adolescentes palestinos são detidos e torturados por soldados israelenses

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments