Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Governos americano e europeus condenam ataque a instalações dos EUA no Iraque

Vidros quebrados em ataque de foguete perto do aeroporto internacional em Erbil, capital da região curda do norte do Iraque, em 16 de fevereiro de 2021. [Yunus Keleş/Agência Anadolu]
Vidros quebrados em ataque de foguete perto do aeroporto internacional em Erbil, capital da região curda do norte do Iraque, em 16 de fevereiro de 2021. [Yunus Keleş/Agência Anadolu]

Chanceleres dos Estados Unidos, França, Alemanha, Grã-Bretanha e Itália divulgaram um comunicado conjunto condenando o ataque com mísseis que atingiu Erbil, no norte do Iraque, na última segunda-feira.

A declaração conjunta confirmou que os governos signatários estão prontos para apoiar as investigações no Iraque para responsabilizar os responsáveis ​​pelo ataque.

Os chanceleres que assinaram a declaração ofereceram suas condolências aos familiares das vítimas do ataque de Erbil e ao povo iraquiano.

A declaração concluiu: “Compartilhamos a posição comum de que os ataques ao pessoal e às instalações dos EUA e à coalizão internacional não serão tolerados.”

Blinken liga para Al-Kadhimi

O Departamento de Estado dos EUA divulgou que o secretário de Estado Antony Blinken falou na terça-feira com o primeiro-ministro iraquiano Mustafa Al-Kadhimi após o ataque de Erbil, que resultou na morte de um empreiteiro civil e no ferimento de um soldado americano.

A autoridade norte-americana pediu a Al-Kadhimi que “trabalhe com o governo do Curdistão para confrontar extremistas” e discutiu com ele os esforços em andamento para “identificar e levar os perpetradores à justiça”.

Blinken anunciou em um comunicado: “Estamos indignados com o ataque com mísseis que ocorreu na região do Curdistão do Iraque.” Ele acrescentou: “Entrei em contato com o Primeiro Ministro do Governo Regional do Curdistão, Masrour Barzani, para discutir o assunto e prometi a ele nosso total apoio para abrir um inquérito e responsabilizar os agressores”.

Na segunda-feira passada, vários foguetes caíram nas proximidades do Aeroporto Internacional de Erbil, causando a morte de um empreiteiro civil e os ferimentos de cinco pessoas, incluindo um soldado norte-americano, de acordo com um comunicado divulgado pela coalizão internacional liderada pelos EUA para derrotar o Estado Islâmico do Iraque e da Síria.

Um grupo desconhecido assumiu a responsabilidade pelo ataque.

Categorias
AlemanhaÁsia & AméricasEstados UnidosEuropa & RússiaFrançaIraqueNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioReino UnidoUnião Europeia
Show Comments
Show Comments