Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel prende pastor na fronteira com a Síria

Tropas israelenses são fotografadas nas Colinas de Golan anexadas a Israel na fronteira com a Síria, em 3 de janeiro de 2020. [Jalaa Marey/AFP via Getty Images]
Tropas israelenses são fotografadas nas Colinas de Golan anexadas a Israel na fronteira com a Síria, em 3 de janeiro de 2020. [Jalaa Marey/AFP via Getty Images]

Um pastor que cruzou a fronteira com a Síria em Israel foi preso no domingo pelas Forças de Defesa de Israel, informou o Jerusalem Post. De acordo com as IDF, o homem cruzou a fronteira intencionalmente e foi detido a leste da cerca de segurança na área das Colinas de Golã.

As Colinas de Golan foram anexadas ilegalmente por Israel desde a Guerra dos Seis Dias de 1967. Os EUA reconheceram a soberania israelense sobre o território em 2019, em violação ao direito internacional.

Na semana passada, Israel lançou mísseis das Colinas de Golã ocupadas e causou danos materiais no lado sírio da fronteira. Israel realiza ataques rotineiros dentro da Síria, principalmente contra alvos ligados ao Irã para evitar que os iranianos consolidem uma posição ao longo da fronteira.

De acordo com o Observatório de Direitos Humanos da Síria, sediado no Reino Unido, o último ataque israelense atingiu uma posição ocupada por forças do regime em uma área onde nenhuma milícia pró-Irã foi encontrada. A organização acrescentou que um ataque israelense ao leste da Síria matou 57 combatentes do governo e aliados em 13 de janeiro, no ataque mais mortal de todos os tempos do estado de ocupação ao seu vizinho.

LEIA: Milícias iranianas se reposicionam após ataques aéreos de Israel na Síria

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioSíria
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments