Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Nobel da Paz do Iêmen apoia protestos russos contra Putin

Tawakkol Karman, ativista iemenita condecorada com o Prêmio Nobel da Paz, em Istambul, Turquia, 11 de novembro de 2018 [Ozan Kose/AFP/Getty Images]
Tawakkol Karman, ativista iemenita condecorada com o Prêmio Nobel da Paz, em Istambul, Turquia, 11 de novembro de 2018 [Ozan Kose/AFP/Getty Images]

Tawakkol Karman, ativista iemenita condecorada com o Prêmio Nobel da Paz em 2011, anunciou ontem (1°) seu apoio aos protestos russos contra o Presidente Vladimir Putin.

“Sobre as manifestações russas contra o corrupto ditador Putin, cumprimento aqueles que protestam pacificamente e expresso minha absoluta solidariedade aos detidos, que hoje chegaram a mil pessoas”, afirmou Karman no Twitter.

“A Primavera Árabe inspirou o mundo”, reiterou.

Dezenas de milhares de russos tomaram as ruas para exigir a libertação do político de oposição Alexei Navalny. Quase quatro mil pessoas foram presas pela repressão do regime, segundo organizações de direitos humanos.

Forças de segurança também invadiram a residência de Navalny e o escritório de sua equipe, devido a um vídeo com críticas e acusações de corrupção contra o presidente russo, no poder há quase dezoito anos.

O clipe alega que Putin tem um palácio de US$1.4 bilhões construído em segredo na região do Mar Negro, munido até mesmo de salão de pole-dancing, boate com piscinas, entre outras instalações privadas.

LEIA: ‘Espero não encontrar o mesmo destino de Khashoggi’, afirma prêmio Nobel da Paz

Categorias
Europa & RússiaIêmenNotíciaOriente MédioRússia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments