Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã condena ataque mortal a aeroporto no Iêmen

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Saeed Khatibzadeh, em Teerã, Irã em 5 de outubro de 2020 [Agência Fatemeh Bahrami / Anadolu]
Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Saeed Khatibzadeh, em Teerã, Irã em 5 de outubro de 2020 [Agência Fatemeh Bahrami / Anadolu]

O Irã condenou um ataque mortal na quarta-feira no aeroporto de Aden no Iêmen e expressou suas condolências às famílias das vítimas, relata a Agência Anadolu.

A contínua agressão estrangeira é o principal contribuinte para a instabilidade no Iêmen, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Saeed Khatibzadeh, em um comunicado na quinta-feira.

“Tais atos de violência e assassinato de civis são o resultado da mentalidade dos agressores e ocupantes do Iêmen, que, em nome de uma coalizão que se autointitula, destruíram todo o Iêmen e, com suas visões belicosas e separatistas , perpetuaram a crise humana mais hedionda no Iêmen “, disse ele.

Khatibzadeh apelou a todas as partes para encerrarem o conflito em curso, voltando às negociações políticas.

LEIA: 172.000 iemenitas deslocados devido à guerra, em 2020, reporta ONU

Pelo menos 26 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas em três explosões que abalaram o aeroporto da cidade portuária de Aden, no sul do Iêmen, logo depois que membros do governo recém-formado chegaram à capital temporária.

O Ministério do Interior do Iêmen e o Conselho de Transição do Sul (STC), apoiado pelos Emirados Árabes Unidos, culparam os rebeldes Houthi apoiados pelo Irã pelo ataque.

Os Houthis negaram qualquer envolvimento.

Categorias
IêmenIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments