Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Vice-ministro da Saúde do Irã renuncia em meio a aumento de vírus

O Ministro da Saúde do Irã, Saeed Namaki, participa da reunião do gabinete em Teerã, Irã, em 25 de março de 2020 [Presidência do Irã/Handout/ Agência Anadolu]
O Ministro da Saúde do Irã, Saeed Namaki, participa da reunião do gabinete em Teerã, Irã, em 25 de março de 2020 [Presidência do Irã/Handout/ Agência Anadolu]

O vice-ministro da Saúde do Irã renunciou na sexta-feira em meio a um aumento no número de novos casos de coronavírus no país, de acordo com a mídia iraniana, informou a Agência Anadolu.

Reza Malekzadeh acusou o ministro da Saúde, Saeed Namaki, de administrar mal a pandemia e causar muitas vítimas, informou a agência de notícias semioficial ISNA.

O Irã confirmou mais 479 mortes relacionadas ao coronavírus na sexta-feira, aumentando o número de mortos em todo o país para 43.896, de acordo com o Ministério da Saúde do país.

LEIA: Zarif do Irã diz que Biden pode suspender sanções com ‘três ordens executivas’

Cerca de 13.260 pessoas testaram positivo para o vírus nas últimas 24 horas, aumentando a contagem para 828.377, disse a porta-voz do ministério Sima Sadat Lari.

Lari alertou que todas as 31 províncias do Irã foram declaradas zonas vermelhas com alto risco de transmissão do coronavírus.

O Irã luta para conter a pandemia desde fevereiro, quando os primeiros casos foram confirmados na cidade de Qom.

Categorias
CoronavírusIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments