Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Estados Unidos impõem sanções e registram queixa para confiscar bens iranianos

23ª Exibição Internacional de Petróleo, Gás Natural, Refinaria e Petroquímica, organizada pelo Ministério do Petróleo do Irã, na capital Teerã, 6 de maio de 2018 [Fatemeh Bahrami/Agência Anadolu]
23ª Exibição Internacional de Petróleo, Gás Natural, Refinaria e Petroquímica, organizada pelo Ministério do Petróleo do Irã, na capital Teerã, 6 de maio de 2018 [Fatemeh Bahrami/Agência Anadolu]

Nesta quinta-feira (29), os Estados Unidos instituíram novas sanções contra diversas entidades no Irã, China e Singapura, devido à compra e venda de produtos petroquímicos iranianos. As informações são da agência Reuters.

Trata-se do último passo da gestão de Donald Trump para aumentar a pressão sobre Teerã, a menos de uma semana das eleições presidenciais americanas, em 3 de novembro.

Paralelamente, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou ter registrado duas queixas civis para confisco de bens, a fim de apreender armas e petróleo do Irã.

“As duas queixas de confisco alegam esquemas sofisticados da Guarda Revolucionária do Irã para enviar secretamente armas ao Iêmen e combustível à Venezuela, países que representam grave ameaça à segurança e estabilidade de suas regiões”, declarou John Demers, procurador-assistente para a Divisão de Segurança Nacional do Departamento de Justiça.

LEIA: Avião do Irã pousa na Venezuela, apesar de ameaças de sanções dos EUA

Categorias
Ásia & AméricasChinaEstados UnidosIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments