Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Treinador do PSG vai discutir tensões França x Turquia com equipe antes do jogo da Liga dos Campeões

Técnico do PSG Thomas Tuchel em 27 de setembro de 2020 em Reims, França [Jean Catuffe/Getty Images]
Técnico do PSG Thomas Tuchel em 27 de setembro de 2020 em Reims, França [Jean Catuffe/Getty Images]

O técnico do Paris St Germain, Thomas Tuchel, disse que iria discutir as tensões diplomáticas entre a França e a Turquia antes do jogo da Liga dos Campeões contra o Istanbul Basaksehir na quarta-feira.

O presidente turco Tayyip Erdogan pediu na segunda-feira que os turcos boicotassem os produtos franceses e instou os líderes da União Europeia a deter a agenda “anti-islã” do líder francês Emmanuel Macron.

LEIA: França exige que países árabes impeçam boicote a suas empresas

“Não falei com os jogadores, mas talvez vamos falar sobre isso porque não somos apenas jogadores de futebol. Eu disse que estou triste por não podermos viver juntos em harmonia, então vamos conversar sobre isso, vamos discutir isso com os jogadores, mas não muito, porque precisamos nos concentrar no jogo”, declarou Tuchel uma entrevista coletiva na terça-feira.

Macron prometeu lutar contra o “separatismo islâmico”, ao alegar que este sentimento ameaçava assumir algumas comunidades muçulmanas na França. Recentemente, o país foi abalado pela decapitação de um professor por um militante islâmico, após a vítima exibir cartuns do Profeta Maomé em uma aula sobre liberdade de expressão.

O capitão do PSG, Presnel Kimpembe, alegou não sentir nenhuma tensão antes do jogo.

“Não senti nenhuma tensão. Somos jogadores de futebol e, já que a UEFA disse que podemos jogar aqui, viemos jogar e vamos para casa. Está fora de nossas mãos”, declarou Kimpembe.

Os campeões franceses estão sob pressão, depois de perderem a primeira partida do Grupo H para o Manchester United em casa, na semana passada.

LEIA: França exige que países árabes impeçam boicote a suas empresas

Categorias
Europa & RússiaFrançaNotíciaOrganizações InternacionaisTurquiaUEFA
Show Comments
Show Comments