Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Soldados de Israel atacam agricultores palestinos que tentam acessar seus olivais

Colonos israelenses atacam agricultores palestinos colhendo azeitonas na aldeia de Burin, ao sul da cidade de Nablus, no norte da Cisjordânia, em outubro de 2019
Colonos israelenses atacam agricultores palestinos colhendo azeitonas na aldeia de Burin, ao sul da cidade de Nablus, no norte da Cisjordânia, em outubro de 2019

Soldados israelenses feriram na sexta-feira três fazendeiros palestinos que protestavam pelo acesso aos seus olivais na Cisjordânia ocupada, informou a Agência Anadolu.

Os confrontos eclodiram entre soldados israelenses e ativistas e fazendeiros palestinos na cidade de Burka, na província de Ramallah oriental.

Os soldados usaram gás lacrimogêneo e balas de plástico para dispersar o grupo. Três agricultores ficaram feridos, enquanto muitos outros foram afetados pelo gás.

As autoridades israelenses emitiram na segunda-feira vinte ordens militares impedindo os palestinos de entrar em seus olivais na Cisjordânia ocupada.

LEIA: Israel construirá 4.948 unidades de assentamento na Cisjordânia

Tel Aviv supostamente visa apreender centenas de acres de terras palestinas com essas decisões, que afetam principalmente os proprietários de terras palestinos.

Desde que a colheita da azeitona começou no final de setembro, soldados e colonos judeus têm feito ataques contra os fazendeiros em vários lugares da Cisjordânia ocupada.

Mais de 400 mil colonos em 250 postos avançados de assentamentos na Cisjordânia ocupada tornam a vida ainda mais difícil para os palestinos que vivem sob ocupação.

Israel ocupou a Faixa de Gaza e a Cisjordânia, incluindo Jerusalém Oriental, em 1967.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments