Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Facebook é a rede usada para propagar o racismo anti-palestino em Israel

Facebook [arquivo de foto]
Facebook [arquivo de foto]

Um relatório quantitativo conduzido em agosto pelo Centro Árabe para Liberdade de Mídia, Desenvolvimento e Pesquisa (I’LAM) revelou que o Facebook é a plataforma de mídia mais comum usada para transmitir racismo e incitação anti-palestinos, concluiu um relatório especializado.

No período, o Facebook foi responsável por 30 por cento do racismo e incitamento, seguido por Israel Hayom com 18 por cento, Maariv com 14 por cento , Yedioth Ahronoth com 12 por cento, terminando com o Twitter com dez por cento.

Enquanto isso, o relatório revelou: “os alvos de conteúdo racista ou incendiário estão mudando com os desenvolvimentos políticos e de segurança locais”, apontando que a Autoridade Palestina (AP) foi o segmento mais visado da sociedade palestina em agosto.

Depois de visar a Autoridade Palestina, a mídia israelense divulgou mensagens racistas contra os palestinos por meio de conteúdo relacionado aos planos de anexação de Israel e ao acordo de normalização entre os Emirados Árabes Unidos (EAU) e Israel.

LEIA: Silenciados e esquecidos: palestinos e a cobertura midiática frente ao desastroso acordo EAU-Israel

Durante a última semana de agosto, I’LAM revelou que a mídia israelense estava cheia de incitação contra o Tribunal Superior de Israel após sua decisão de evacuar um assentamento judeu ilegal construído em terras palestinas privadas, e a decisão de impedir a demolição de um cidadão palestino em Jenin.

O relatório comunicou que o tipo de incitamento variou entre o apelo à imposição de punições coletivas, a demonização dos palestinos e a legitimação do uso da força contra os palestinos, acrescentando que este conteúdo provocativo retrata Israel como vítima.

A maioria dos artigos que incluíam incitação e racismo geralmente continham mais de um tipo de provocação.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments