Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Clube Palestino do Chile faz 100 anos de futebol e amor à identidade

Com mapa da Palestina em lugar do número 1 na camiseta censurada de 2015, clube expõe seu compromisso com a causa palestina. [Show de camisas/ Facebook]
Com mapa da Palestina em lugar do número 1 na camiseta censurada de 2015, clube expõe seu compromisso com a causa palestina. [Show de camisas/ Facebook]

Neste 20 de agosto, o Club Deportivo Palestino, do Chile,  completa 100 anos de história e a comemoração é grande entre torcedores e na comunidade. Para celebrar, o clube preparou uma retrospectiva para lembrar suas campanhas, jogadores e conquistas e também seu papel na valorização da comunidade, história e causa palestinas.

´´Entendendo as condições que afetam a população com a disseminação do COVID, nosso clube preparou diversas instâncias para interagir com seus torcedores e seguidores, trabalhando assim em uma festa virtual que unirá diferentes países e territórios para destacar a importância e trajetória da Palestina em todo o mundo”, informa o site do clube.

Uma edição especial da camisa 2020 foi colocada à venda pela internet e uma série de shows ao vivo programada para transmissão pelas plataformas digitais do clube. Mas em especial o Palestino inaugura o seu primeiro museu virtual da camiseta do Chile, onde serão destacadas as diferentes jaquetas que a instituição vestiu com detalhes de sua história.

Acompanhe a apresentação panorâmica do estádio e o museu virtual das camisetas do Palestino.

No Brasil, o centenário do Palestino foi homenageado em mensagem da Federação Palestina (Fepal), lembrando que a camiseta oficial do clube  “já levou o mapa da Palestina, com o número 1 estilizado em alusão ao território da Palestina histórica. Isso fez com que o clube fosse multado e a homenagem fosse retirada. O presidente do clube à época mandou então estampar o mapa ao lado do escudo. Por sinal, por estatuto, o presidente do clube precisa obrigatoriamente ter descendência palestina.´´

Alguns nomes importantes da história do clube terão participação especial, como Elías Figueroa e Rodolfo Dubó, bem como saudações de cidadãos palestinos, como Ahmad Maher e Shadi Shabban.

‘‘ É um orgulho poder comemorar nosso centenário com todos os nossos fãs e seguidores de uma forma virtual. Trabalhamos em diversas ações para destacar a importância da nossa história”o presidente do CD Palestino SADP, Jorge Uauy, que divulga a hastag #PalestinoCentenario para quem quiser acompanhar e participar das celebrações.

Os conteúdos comemorativos ficarão online até o final de 2020, para marcar o ano do centenário.

LEIA: Torre de Telefonia do Chile é iluminada com padrão do lenço palestino

Categorias
Ásia & AméricasChileNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments