Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Cresce número de desalojados e mortos no Sudão com as enchentes

Mulher em área alagada após as enchentes provocadas pelas fortes chuvas em Cartum, Sudão, em 3 de agosto de 2020 [Mahmoud Hjaj/ Agência Anadolu]
Mulher em área alagada após as enchentes provocadas pelas fortes chuvas em Cartum, Sudão, em 3 de agosto de 2020 [Mahmoud Hjaj/ Agência Anadolu]

Cerca de 20 pessoas morreram e 13 ficaram feridas devido a “chuvas torrenciais e inundações em várias cidades do Sudão”, anunciou ontem a Defesa Civil Sudanesa.

As fortes chuvas normalmente atingem o Sudão entre junho e outubro de cada ano tê sido torrenciais esta semana.

Além de mortos e feridos, “ 3.945 casas foram destruídas ou seriamente danificadas”, disse um comunicado da Defesa Civil.

A agência oficial de notícias do Sudão, SUNA,  também informou que a defesa civil enviou ajuda por helicóptero a dois mil mineiros de ouro presos na parte oriental do país. Equipes de socorro forneceram “alimentos e apoio médico na forma de antibióticos e medicamentos para as pessoas afetadas”.

Na semana passada, a ONU alertou que mais de cinquenta mil pessoas foram afetadas pelas enchentes.

LEIA: Aumento de preços atinge o Sudão durante feriado islâmico

Categorias
ÁfricaNotíciaSudão
Show Comments
Show Comments