Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã e Emirados Árabes Unidos discutem os desafios do covid-19

Iranianos usam máscaras no metrô, diante da pandemia de coronavírus (covid-19), em Teerã, capital do Irã, 15 de junho de 2020 [Fatemeh Bahrami/Agência Anadolu]
Iranianos usam máscaras no metrô, diante da pandemia de coronavírus (covid-19), em Teerã, capital do Irã, 15 de junho de 2020 [Fatemeh Bahrami/Agência Anadolu]

O Ministro de Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos, sheikh Abdullah bin Zayed al-Nahyan, relatou à sua contraparte iraniana, Mohammad Javad Zarif, que fortalecer laços de cooperação bilateral representa um elemento importante para combater o coronavírus, segundo relatos divulgados no domingo (2) pela agência estatal emiradense WAM.

As informações são da agência Reuters.

O chanceler emiradense fez o comentário durante videochamada com Zarif, na qual também trocaram cumprimentos pelo feriado islâmico do Eid al-Adha.

O Irã xiita há muito tempo encontra discordâncias com os aliados americanos do Golfo, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, de maioria sunita.

Tensões voltaram a escalar entre Irã e Estados Unidos desde 2018, quando a administração do Presidente Donald Trump decidiu revogar unilateralmente o acordo nuclear iraniano, assinado por seu predecessor Barack Obama, em 2015, ao lado de seis potências internacionais, e então restabelecer sanções.

Washington acusou o Irã de cometer uma série de ataques contra pontos estratégicos para a produção de petróleo no Golfo, em 2019. Emirados Árabes Unidos, porém, não culpabilizaram nenhum país ou entidade, em particular.

O foco da reunião virtual entre os representantes de ambos os países foi, não obstante, a crise regional de saúde, decorrente do surto de coronavírus, desde março.

LEIA: Coronavírus continua a fazer vítimas no Oriente Médio e Norte da África

Categorias
CoronavírusEAUIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments