Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Dezenas de soldados sauditas são mortos em confrontos na fronteira com o Iêmen

Soldados sauditas em veículos blindados guardam a entrada do Palácio Diriya, em Riad, capital da Arábia Saudita, durante cúpula do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), em 9 de dezembro de 2018 [Fayez Nureldine/AFP/Getty Images]
Soldados sauditas em veículos blindados guardam a entrada do Palácio Diriya, em Riad, capital da Arábia Saudita, durante cúpula do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), em 9 de dezembro de 2018 [Fayez Nureldine/AFP/Getty Images]

Forças da Arábia Saudita sofreram dezenas de baixas em confrontos no sudoeste do país, segundo relatos divulgados neste domingo (2) por uma rede de notícias filiada aos rebeldes houthis, no Iêmen.

Confrontos eclodiram com as forças houthi na cidade de Najran, reportou o website Ansarullah.

Autoridades sauditas ainda não comentaram o caso.

O Iêmen é assolado por violência e caos desde 2014, quando rebeldes houthis assumiram o controle de grande parte do país, incluindo a capital Sanaa. A crise escalou no ano seguinte, quando uma coalizão militar liderada pela Arábia Saudita lançou uma campanha aérea devastadora com o objetivo de reverter os ganhos territoriais houthis.

A coalizão interveio no Iêmen em março de 2015, após a deposição do governo reconhecido internacionalmente, aliado saudita.

Dezenas de milhares de iemenitas foram mortos no conflito. Estimativas da ONU alertam que 14 milhões de pessoas estão sob risco de fome generalizada.

Os houthis, que controlam boa parte dos grandes centros urbanos, alegam lutar contra um sistema corrupto.

LEIA: O caráter do novo modelo de governança dos Emirados Árabes Unidos

Categorias
Arábia SauditaIêmenNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments