Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Preços de produtos pecuários caem na Jordânia, devido ao covid-19

O coronavírus atingiu duramente a indústria pecuária. Haverá demanda para os sacrifícios do Eid?

Comerciantes de produtos pecuários na Jordânia temem que a demanda para os sacrifícios do Eid sejam afetadas pela pandemia de coronavírus, reportou a agência Anadolu. Conforme se aproxima o feriado islâmico do Eid al-Adha, comerciantes relatam grave declínio nas vendas.

O Eid al-Adha é o feriado anual islâmico no qual um animal, mais comumente uma ovelha, é sacrificado ritualmente para que sua carne seja distribuída aos pobres e necessitados, além de parentes.

A Jordânia recebeu elogios por sua resposta rápida à pandemia de coronavírus, ao aplicar medidas rigorosas de lockdown para conter a propagação da doença, que de fato resultaram em uma baixa taxa de infecção quando comparada aos países vizinhos.

Em junho, o Ministro da Saúde Saad Jaber vangloriou-se ao declarar que o coronavírus “secou e morreu na Jordânia”. Alguns dias depois, entretanto, sob receios de uma segunda onda, renovou apelos para que se mantenham medidas de prevenção e segurança.

LEIA: Democracia enterrada na Jordânia com fechamento do Sindicato dos Professores

Categorias
CoronavírusJordâniaNotíciaOriente MédioVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments