Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Hamas elogia decisões da Unesco a favor da Palestina

40ª sessão da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), na sede da agência, em Paris, França, 13 de novembro de 2019 [Mustafa Yalçin/Agência Anadolu]
40ª sessão da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), na sede da agência, em Paris, França, 13 de novembro de 2019 [Mustafa Yalçin/Agência Anadolu]

O movimento de resistência palestina Hamas celebrou na terça-feira (7) as decisões unânimes tomadas pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em 1° de julho, visto que a agência reafirmou de fato uma série de direitos palestinos.

Em declaração – com cópia ao MEMO –, Basim Naim, Diretor de Relações Internacionais do Hamas comemorou as resoluções que repudiam a perseguição sistemática na Cisjordânia e o plano israelense de anexar grandes partes do território palestino ocupado.

Naim citou ainda o compromisso da Unesco em proteger o patrimônio cultural e religioso da Palestina histórica.

O Hamas, segundo Naim, acredita que este consenso representa um novo progresso, diante do “isolamento da ocupação israelense e do fracasso da pressão de Israel e Estados Unidos em favor do projeto colonial, estabelecido sobre as terras palestinas.”

Concluiu: “Tais decisões, junto de dezenas outras, tomadas previamente, devem converter-se em ações em campo, para pressionar a ocupação israelense a respeitar os direitos inalienáveis palestinos.”

LEIA: Relembrando a ofensiva israelense contra Gaza de 2014

Categorias
IsraelNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments