Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Rússia pretende fechar fronteiras entre Turquia e Síria, utilizadas para entrega humanitária

Crianças refugiadas sírias reúnem-se em torno do fogo para se aquecerem perto da travessia de fronteira de Bab al-Salam, entre Síria e Turquia [Agência Anadolu]
Crianças refugiadas sírias reúnem-se em torno do fogo para se aquecerem perto da travessia de fronteira de Bab al-Salam, entre Síria e Turquia [Agência Anadolu]

A Rússia trabalha para utilizar seu direito de veto no Conselho de Segurança das Nações Unidas com o intuito de fechar a travessia de fronteira de Bab al-Salam, uma das duas travessias utilizadas na região para levar assistência humanitária a sírios deslocados na Turquia. As informações são da agência Anadolu.

O Conselho de Segurança permite a organizações humanitárias que realizem entregas assistenciais a quase três milhões de civis em áreas mantidas pela oposição, no noroeste da Síria, a partir da Turquia, sem necessidade de autorização do regime sírio. As duas fronteiras utilizadas são Bab al-Salam e Bab al-Hawa. Entretanto, o mecanismo de auxílio transfronteiriço expira em 10 de julho.

Fontes da Anadolu relataram que Moscou planeja vetar uma resolução da ONU voltada a estender o uso das fronteiras por seis meses, embora limite a passagem de assistência a apenas uma das travessias.

LEIA: Rússia abandona acordo da ONU que protege hospitais na Síria

Categorias
Europa & RússiaNotíciaOriente MédioRússiaSíriaTurquia
Show Comments
Show Comments