Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Arábia Saudita pressiona o Canadá a extraditar ex-agente

Príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, em Riyadh, Arábia Saudita, em 23 de outubro de 2018 [Fayez Nureldine / AFP / Getty Images]
Príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, em Riyadh, Arábia Saudita, em 23 de outubro de 2018 [Fayez Nureldine / AFP / Getty Images]

O príncipe herdeiro saudita Mohammed Bin Salman está pressionando o Canadá a extraditar o ex-oficial de inteligência saudita Saad Al-Jabri, segundo o jornal canadense The Globe and Mail.

De acordo com a publicação, Saad Al-Jabri ocupava um posto de inteligência do gabinete do príncipe herdeiro Mohammed Bin Nayef e vive em Toronto desde um golpe de palácio em Riad em 2017.

Os sauditas tentaram prender Al-Jabri emitindo uma ordem de “aviso vermelho” através da Interpol, a organização internacional de cooperação policial, no final de 2017. Em 2018, uma delegação saudita visitante também pressionou o Canadá para extraditá-lo.

O governo canadense não comentou o assunto, e um porta-voz do Departamento de Justiça disse que os pedidos de extradição são confidenciais.

“Não podemos comentar sobre a existência de pedidos de extradição para indivíduos específicos até que o pedido seja tornado público pelos tribunais”, disse ele.

Nos últimos meses, Bin Salman também aumentou a pressão sobre os parentes de Al-Jabri, detendo seus filhos adultos, para forçá-lo a retornar ao reino, disse sua família.

LEIA: O sequestro de familiares é a tática de Bin Salman para intimidar dissidentes sauditas

Categorias
Arábia SauditaÁsia & AméricasCanadáNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments