Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel pretende construir 164 novas unidades de assentamentos na Cisjordânia ocupada

Assentamento israelense na Cisjordânia, 19 de novembro de 2019 [Mosab Shawer/Apaimages]
Assentamento israelense na Cisjordânia, 19 de novembro de 2019 [Mosab Shawer/Apaimages]

O Conselho de Assentamentos de Israel anunciou o desenvolvimento de 164 novas unidades residenciais no assentamento ilegal de Neve Daniel, a oeste da cidade palestina de Belém, na Cisjordânia ocupada, reportou a agência Quds Press.

“Esta expansão dos assentamentos é parte de construção de um complexo colonial dentro do próprio assentamento ilegal”, explicou Hassan Breijah, diretor da Comissão contra o Muro e os Assentamentos.”

Autoridades da ocupação israelense, destacou, apropriam dezenas de acres de terras agrárias para construir novos projetos de assentamentos. Trata-se de parte da expansão israelense da cidade de Jerusalém, intitulado agora “Grande Jerusalém”, cujo plano expropria efetivamente partes do território palestino.

Segundo Breijah, o projeto colonial de Israel utiliza a pandemia de coronavírus para encobrir a expansão de assentamentos exclusivamente judaicos, que tomam grandes porções de terras palestinas. Tudo isso, reiterou, é feito sob proteção do exército da ocupação israelense.

LEIA: Crimes de Israel perante o Tribunal Penal Internacional

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments