Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

União Europeia concede US$150 mi ao Marrocos para auxiliar na educação à distância

Bandeira do Marrocos [Kristin Harvey/Flickr]

Nesta terça-feira (28), a União Europeia concedeu ao Marrocos apoio no valor de 1.5 bilhões de dirhams (US$150 milhões) para auxiliar na manutenção de programas nacionais de educação à distância diante da pandemia de coronavírus.

O acordo de financiamento foi assinado por Claudia Widey, Embaixadora da UE no Marrocos; Mohamed Bin Shaaboun, Ministro da Economia do país africano; Said Amzazi, Ministro da Educação; e Abdessamih Mahmoud, diretor-geral da Agência Nacional de Combate ao Analfabetismo.

Segundo declaração emitida pela delegação europeia no Marrocos, o objetivo do projeto é construir um “relacionamento próximo” entre a escola e os pais, ao envolvê-los na educação de seus filhos.

LEIA: Casos e mortes por covid-19 aumentam nos países árabes

Em 27 de março, a União Europeia prometeu enviar €450 milhões (US$488 milhões) em assistência ao Marrocos, depositado no fundo especial de gerenciamento da crise de coronavírus, criado pelo Rei Mohammed VI.

Em 16 de março, o governo marroquino fechou escolas e universidades e recorreu à educação à distância via plataformas de redes sociais e diversos canais patrocinados pelo estado.

Até então, o país norte-africano registrou 4.252 casos de coronavírus e 165 mortes.

Categorias
ÁfricaCoronavírusMarrocosNotíciaOrganizações InternacionaisUnião Europeia
Show Comments
Show Comments