Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Defesa do Irã promete aumento da capacidade destrutiva dos mísseis

Ministro da Defesa Iraniano Amir Khatami [Wikipedia]

O ministro da Defesa e Apoio das Forças Armadas Iranianas, Brigadeiro Amir Hatami, emitiu uma nota afirmando que os principais equipamentos de defesa serão apresentados este ano, e que a força naval iraniana receberá um destróier DANA e um navio de caça às minas, de acordo com o relatório da Agência de Notícias da República (IRNA).

“Atingimos a precisão total no campo dos mísseis superfície a superfície e trabalharemos para aumentar a capacidade destrutiva das ogivas”, disse.

“No que diz respeito ao campo defensivo,- ele acrescentou – estamos focando no aspecto dissuasor, que depende de um certo grau de força e recursos defensivos, a fim de estar em uma posição onde o inimigo não se atreva a atacar o nosso país. ”

O ano passado foi um ano especial para a Defesa, segundo Hatani, por ter enfrentado o que ele chamou de muitas flutuações. “De fato, essas flutuações começaram a ocorrer desde o ano anterior, quando nossos inimigos planejavam publicamente desestabilizar a República Islâmica do Irã. É claro que respondemos agressivamente a todas as suas ações e o inimigo percebeu que não pode desafiar a força substituta da República Islâmica do Irã.”

Hatami afirmou que a indústria de defesa iraniana trabalhará na otimização do impacto das ogivas, aumentando a capacidade destrutiva para tornar os mísseis mais eficazes e desenvolvendo programas de pesquisa competitivos para aumentar a velocidade, manobrabilidade e agilidade dos mísseis.

“Se Deus quiser, teremos mísseis de cruzeiro aéreo e estamos buscando uma tecnologia para lançar mísseis de cruzeiro enquanto estiver em movimento, o que consideramos um passo importante. Atingiremos nossa meta este ano. ”

Hatami se referiu às novas realizações no campo da guerra terrestre, explicando: “Temos um grupo bem treinado especializado em armar helicópteros, aumentando seu alcance em termos de direcionamento de veículos blindados e otimizando sua capacidade de voar e realizar operações noturnas”.

O ministro da Defesa iraniano discutiu o ataque com mísseis contra as forças americanas na base aérea de Ain Al-Assad, que provou as capacidades de dissuasão do Irã diante da agressão.

O Irã lançou um ataque em 8 de janeiro à base aérea de Ain al-Assad, no Iraque, onde soldados americanos estão posicionados, em resposta a um ataque americano que levou à morte do comandante da Força Quds Qassem Soleimani no terceiro dia do mesmo mês.

LEIA: Khamenei rejeita oferta de ajuda dos EUA na batalha contra o coronavírus

 

Categorias
Ásia & AméricasEUAIrãNotíciaOriente MédioSlide Grande
Show Comments
Show Comments