Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Empresário palestino pede criação de um Fundo de Segurança Médica e Alimentar

Trabalhadores palestinos desinfectam locais de culto como medida preventiva contra a pandemia de coronavírus (Covid-19), em 12 de março de 2020 [Ashraf Amra/Apaimages]

Moneeb Al-Masri, proeminente empresário palestino, fez um apelo público pela criação de um Fundo de Segurança Médica e Alimentar para dar assistência aos esforços do governo no combate ao coronavírus, reportou a rede de notícias Al-Ayyaam.

Al-Masri doou US$1 milhão a programas de fornecimento de alimentos e remédios em apoio aos palestinos diante da crise do novo coronavírus.

“A situação é bastante difícil e todos temos de nos unir contra o desastre porvir”, declarou Al-Masri, ao destacar que cada palestino possui uma parte da responsabilidade em proteger o povo como um todo.

Al-Masri reiterou que a vida dos palestinos é mais valiosa que qualquer quantia em dinheiro, sobretudo no combate ao vírus: “Temos de reforçar nossa solidariedade e união”.

O empresário ainda cumprimentou os esforços assumidos pelo Presidente da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas e seu Primeiro-Ministro Mohammad Shtayyeh no combate à pandemia de coronavírus.

Al-Masri agradeceu a todas as pessoas e organizações que realizaram doações em apoio aos palestinos para superar a crise, mas enfatizou que trabalhos coordenados são necessários neste momento devido à escala global do problema.

LEIA: Israel rejeita adiar prisão do xeque Raed Salah, apesar do coronavírus

Categorias
CoronavírusIsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments