Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ataques do regime matam 17 civis em Idlib, Síria

Danos causados por ataques do regime de Assad na área residencial de Ma'arrat Misrin em Idlib, Síria, em 25 de fevereiro de 2020. [Muhammed Said /Agência Anadolu]

Pelo menos 17 pessoas foram mortas por ataques do regime sírio que atingiram Idlib, no noroeste da Síria, segundo informação de um grupo local de defesa civil na terça-feira, divulgada pela Anadolu.

As forças do regime de Assad realizaram ataques a bomba no centro da cidade de Idlib e mataram seis pessoas, incluindo um aluno e dois professores, de acordo com o White Helmets.

Outros ataques no final do dia mataram uma pessoa no distrito de Binnish e 10 outras na cidade de Ma’arrat Misrin.

Pelo menos 12 civis também ficaram feridos nos ataques.

A Agência Anadolu divulgou uma imagem que revelava uma bomba de fragmentação explodida dentro de um dos jardins de escola.

Desde que Moscou e Ancara chegaram a um acordo em setembro de 2018, segundo o qual os atos de agressão deveriam ser proibidos em Idlib, mais de 1.300 civis foram mortos nessa zona.

Após ataques intensos, mais de um milhão de sírios se mudaram para perto da fronteira com a Turquia.

Desde a erupção da sangrenta guerra civil na Síria em 2011, a Turquia recebeu cerca de 3,7 milhões de sírios em fuga, tornando a Turquia o principal país a receber refugiados no mundo.

Categorias
Europa & RússiaNotíciaOriente MédioRússiaSíriaSlide Grande
Show Comments
Show Comments