Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Forças do regime sírio e aviões russos atacam bases da Turquia em Idlib

Veículos blindados e tanques de guerra das Forças Armadas da Turquia são enviados como eventual apoio da província turca de Hatay em direção à fronteira com Idlib, Síria, em 11 de janeiro de 2019 [Erdal Turkoglu/Agência Anadolu]

Aviões de guerra do regime Sírio de Bashar al-Assad, com apoio de aeronaves russas, alvejaram diretamente pontos de observação da Turquia na província de Idlib, noroeste da Síria, segundo informações de redes de imprensa locais.

Segundo os relatos, os postos de observação nas cidades de Kansafra e Al-Baara foram atingidos por aviões de guerra sírio e aliados russos. Dez soldados foram mortos ou feridos nos ataques sobre Kansafra; quatro veículos foram destruídos.

Enquanto isso, agências de notícias também relataram que forças turcas bombardearam posições do regime sírio no eixo de Nayrab, ao sul da província de Idlib. O Ministério da Defesa da Turquia não confirmou os relatos de mídia.

A província de Idlib é considerada último posto da oposição síria. Em setembro de 2018, Turquia e Rússia concordaram em estabelecer Idlib como zona de desescalada, onde atos de agressão são proibidos. Porém, cerca de 800.000 pessoas fugiram em direção à fronteira turca desde dezembro, quando forças sírias e russas intensificaram os ataques sobre a região.

Como parte do acordo de 2018, a Turquia possui doze postos de observação em Idlib, com o objetivo de impedir avanços ofensivos do governo sírio. A Turquia ameaçou investir contra a ofensiva de Bashar al-Assad, caso as forças de Assad não recuem até o fim deste mês.

Categorias
Europa & RússiaOriente MédioRússiaSíriaTurquia
Show Comments
Show Comments