Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Vitória sobre o Daesh não está completa sem o retorno das famílias deslocadas, afirma líder do parlamento iraquiano

Famílias iraquianas deslocadas reúnem-se em campo aberto para fugir de uma operação militar executada por forças de segurança iraquianas para retomar áreas controladas pelo Daesh (Estado Islâmico), em Samarra, Iraque, 3 de março de 2016 [Ahmad Al-Rubaye/AFP/Getty Images]

Mohamed Al-Habousi, presidente do Parlamento do Iraque, descreveu a vitória de seu país contra o Daesh (Estado Islâmico) como “incompleta, enquanto não concedermos o devido retorno das pessoas deslocadas às suas casas, além de revelar o destino dos desaparecidos e fazer justiça às suas famílias.”

Em declaração emitida nesta terça-feira (10) – data que marca o segundo aniversário da derrota do grupo terrorista liderado por Abu Bakr al-Baghdadi –, Al-Habousi destacou a importância de “fazer justiça às famílias dos mártires e feridos, que participaram das operações de libertação e tornaram a vitória possível.”

Al-Habousi enfatizou a necessidade de garantir o retorno das pessoas deslocadas da província de Nínive (Ninawa) e suas aldeias, além das cidades de Kirkurk, Diyala, Salah Al-Din, Jurf Al-Sakhr, e outras áreas na província de Anbar. Al-Habousi reiterou a necessidade do retorno dessas pessoas às suas casas, de modo que sejam suspensos quaisquer eventuais impedimentos impostos ao direito de retorno.

O parlamentar iraquiano salientou que, para alcançar este objetivo, é fundamentalmente necessário garantir atos de solidariedade e cooperação entre os iraquianos e as forças de segurança. Al-Habousi também alegou que a rejeição às tentativas exercidas até então “prejudica a confiança em nossos irmãos iraquianos das forças de segurança, em relação a tais circunstâncias.”

Em 10 de dezembro, o Iraque comemora o chamado Dia da Vitória, celebração sobre o triunfo das forças de segurança iraquianas contra o Daesh. Em meados de 2014, o grupo radical controlava quase um terço do território do país.

Categorias
IraqueNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments