Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Mais de 2.600 manifestantes são libertados no Iraque

Manifestante faz "V" de vitória durante protesto antigovernamental na Praça al-Khalani, no centro de Bagdá, Iraque. Em 14 de novembro de 2019 [Murtadha Sudani/Agência Anadolu]

As autoridades iraquianas libertaram 2.626 pessoas detidas durante protestos contra o governo, informou a mais alta autoridade judicial do país neste domingo, de acordo com a Agência Anadolu.

Em comunicado, o Conselho Supremo Judiciário disse que 181 manifestantes ainda estão sendo mantidos, aguardando investigação.

O Iraque está abalado por protestos em massa desde o início de outubro, deixando 460 iraquianos mortos e 17.000 feridos, segundo o Alto Comissariado dos Direitos Humanos do Iraque.

Em 1º de dezembro, o parlamento iraquiano aceitou a renúncia do primeiro-ministro Adel Abdul-Mahdi em meio a protestos contra a corrupção e más condições de vida.

Protestos iraquianos – Cartum [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

Categorias
IraqueNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments