Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Governo dos Estados Unidos libera US$ 105 milhões em ajuda financeira ao Líbano

Manifestantes protestam contra a política tributária do governo em Beirute, Líbano, 23 de outubro de 2019 [Mahmut Geldi/Agência Anadolu]

O governo do Presidente dos Estados Unidos Donald Trump decidiu liberar o valor total de US$ 105 milhões em assistência de segurança para as Forças Armadas do Líbano, após um mês de suspensão do apoio financeiro sem qualquer justificativa oficial.

A agência de notícias Associated Press mencionou dois membros da equipe do congresso e da administração dos Estados Unidos que corroboraram a informação de que a decisão para liberar o apoio financeiro foi tomada às vésperas do feriado do Dia de Ação de Graças, em 28 de novembro.

Segundo a agência, o Gabinete de Gerenciamento e Orçamento (OMB) da Casa Branca e o Conselho de Segurança Nacional suspenderam os recursos emitidos ao governo libanês, apesar da aprovação do Congresso e do enfático apoio do Pentágono, Departamento de Estado e do próprio Conselho de Segurança Nacional.

A agência reiterou que a Casa Branca ainda não esclareceu as razões pelas quais decidiu suspender a ajuda financeira ao Líbano, a despeito de reiterados requerimentos de acesso à informação feitos pelo congresso americano.

Em 1° de novembro, a gestão de Donald Trump suspendeu a assistência de segurança ao Líbano no valor de US$ 105 milhões. Em contrapartida, o Reino Unido decidiu reiterar seu apoio financeiro ao país árabe no valor de US$ 25 milhões, a partir deste ano até 2022.

A decisão americana foi revelada dois dias após a renúncia do Primeiro-Ministro do Líbano Saad Hariri, devido a protestos populares de larga escala que tomaram as ruas libanesas contra a crise econômica e a corrupção no governo.

Categorias
Estados UnidosLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments