Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel planeja construir 11.000 novas unidades residenciais ilegais em Jerusalém

Obras para construção de novas unidades de assentamentos israelenses [Mahfouz Abu Turk/Apaimages]

Israel anunciou um plano de construir 11.000 unidades residenciais ilegais no norte do território palestino ocupado de Jerusalém, relatou ontem (28) a agência de notícias Israel Today.

Segundo a agência, as novas unidades de assentamento serão construídas em uma área de 600 dunums (600.000 m²) no assentamento ilegal de Atarot, de função majoritariamente industrial, no norte de Jerusalém. A notícia reitera que as terras confiscadas para a realização das obras eram pertencentes a palestinos.

O Israel Today também destacou que o plano foi esboçado há vários anos atrás, reiterando que foi posto em situação de espera devido à “pressão política internacional contra os assentamentos nos territórios palestinos ocupados,” incluindo objeção do ex-presidente americano Barak Obama.

Segundo relatos, Yoav Galant, ex-Ministro de Habitação de Israel, havia emitido ordens para retomar os trabalhos sobre projetos de construção de novos assentamentos logo após a eleição do atual Presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

Sob a lei internacional, todos os assentamentos israelenses nos territórios palestinos ocupados são estritamente ilegais.

Categorias
Estados UnidosEuropa & RússiaIsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments