Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia pede que Alemanha e EUA entreguem líder do YPG

Comandante das Forças Democráticas Sírias (SDF) lideradas pelos curdos, Mazloum Kobani [Twitter]

Ontem, a Turquia pediu à Alemanha e aos Estados Unidos (EUA) que extraditassem o comandante das Forças Democráticas Sírias (SDF) lideradas pelos curdos, Mazloum Kobani.

“Pedimos a prisão e extradição de Kobani de estados relevantes para o nosso país, depois que a mídia informa que ele viajaria para os EUA e a Alemanha”, disse à CNN Türk o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

Kobani recentemente acusou a Turquia de “trabalhar para incentivar o Daesh a se reagrupar”, alertando que a agressão turca nas fronteiras com a Síria havia dado ao Daesh “esperança de reorganizar seus integrantes”.

Ancara vê o YPG, o principal componente das Forças Democráticas Sírias (SDF), apoiadas pelos EUA, como um grupo terrorista com ligações a militantes curdos na Turquia.

A Turquia lançou sua terceira incursão militar no nordeste da Síria no mês passado para expulsar combatentes do YPG curdos de sua fronteira e estabelecer o que chama de “zona segura”, onde pretende instalar até dois milhões de refugiados sírios.

Categorias
AlemanhaÁsia & AméricasEUAEuropa & RússiaNotíciaOriente MédioSíriaTurquia
Show Comments
Show Comments