Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Drone israelense é abatido sobrevoando a fronteira com o Líbano

Um homem segura um drone israelense que foi abatido na fronteira com o Líbano em 23 de outubro de 2019 [Arabi21]

Um pequeno drone operado pelas Forças de Defesa de Israel (FDI) caiu sobre a travessia conhecida como Portão de Fátima, no sul do Líbano, na manhã desta quarta-feira (23). Aparentemente, foi abatido, embora relatos divergentes sobre o ocorrido tenham sido relatados após o aparelho de vigilância ser identificado como um pequeno drone DJI Mavic, utilizado frequentemente por soldados israelenses.

A FDI utiliza drones perto da fronteira com o Líbano diariamente com o propósito de coletar informações de inteligência. O exército alegou no Twitter que seu aparelho militar não-tripulado “caiu” durante uma “atividade de rotina de seguranaça.”

Entretanto, segundo a agência nacional pública do Líbano, um “drone inimigo” foi abatido por um civil utilizando um rifle de caça na cidade do Portão de Fátima, no sul do país. A rede de televisão Al-Manar afirmou que um residente de Kafarkela, aldeia na fronteira entre Líbano e a cidade israelense de Metula, abateu o veículo aéreo não-tripulado com sua espingarda. Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra o aparelho militar sobrevoando o Portão de Fátima, seguido por tiros.

Um incidente similar ocorreu no mês passado, quando Israel confirmou que um de seus aparelhos “caiu” no território libanês, após o Hezbollah relatar ter abatido um drone israelense. O Exército do Líbano afirmou que o incidente violou flagrantemente o espaço aéreo libanês e que o objeto contendo material inflamável causou um incêndio em uma floresta de pinheiros próxima à fronteira.

Paralelamente, uma investigação conduzida pelo governo libanês concluiu que os três drones israelenses que caíram na capital Beirute no último mês de agosto estavam em uma missão de ataque, quando foram abatidos. O líder do Hezbollah, organização libanesa apoiada pelo Irã, declarou que seus comandantes de campo estavam preparados para reagir contra os drones israelenses. Sayyed Hassan Nasrallah alegou que os aparelhos abatidos sobre a capital libanesa carregavam um total de 5.5 quilogramas de explosivos C4.

Veículos aéreos israelenses regularmente invadem o espaço aéreo libanês. O governo em Beirute já emitiu diversas reclamações às Nações Unidas sobre os drones e aparelhos militares israelenses que, deste modo, violam a soberania do território libanês.

Categorias
IsraelLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments