Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Quatro pessoas são mortas durante protestos contra o governo em Bagdá

Quatro manifestante foram mortos ao protestarem contra o governo na capital do Iraque

Quatro pessoas foram mortas durante protestos contra o governo iraquiano na capital Bagdá, segundo informações reveladas nesta quarta-feira (2) por uma fonte médica.

Mais de 700 outras pessoas foram feridas em manifestações ocorridas na terça-feira (1°), relatou a fonte à Agência Anadolu, sob condição de anonimato por não estar autorizada a falar com a imprensa.

Ontem, milhares de iraquianos tomaram as ruas de Bagdá para protestar diante da incapacidade do governo em melhorar o padrão de vida local e lutar contra a corrupção na esfera pública, conforme prometido. Forças de segurança utilizaram munição real e gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes.

Protestos e confrontos similares ocorreram também nas cidades de Basra e Nasiriyah, ao sul do país.

A princípio, o Alto-Comissariado para Direitos Humanos no Iraque, órgão autônomo, registrou as baixas em duas mortes, ao afirmar que 260 pessoas foram feridas durante os protestos. A fonte médica, no entanto, contesta essas estimativas.

Os protestos de terça-feira são as mais contundentes manifestações populares contra o governo do Primeiro-Ministro do Iraque Adel Abdul Mahdi desde sua composição, há dois anos atrás.

Categorias
IraqueNotíciaOriente MédioVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments