Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

OLP afirma que seminário no Bahrein fracassou em seus objetivos

Manifestantes erguem bandeiras palestinas em protesto contra a conferência americana no Bahrein, na Cidade de Gaza, Gaza, 26 de junho de 2019 [Ali Jadallah/Agência Anadolu]

Nesta quarta-feira (26), Hanan Ashrawi, membro do Comitê Executivo da Organização pela Libertação da Palestina (OLP), afirmou que o seminário no Bahrein – onde foram debatidos os elementos econômicos do tão esperado “acordo do século” – fracassou em alcançar todos os seus objetivos.

Em uma coletiva de imprensa realizada na cidade de Ramallah, na Cisjordânia, com o intuito de anunciar a posição da OLP sobre a conferência “Paz para Prosperidade”, Ashrawi agradeceu a todos os árabes e outros representantes da comunidade internacional que apoiaram “nossa postura e nossa causa”. As informações são da rede de notícias Quds Press.

“Os americanos fizeram uso de ameaças, chantagens e sanções para impor a derrota aos palestinos,” prosseguiu a representante da entidade. “Houve tentativas de prejudicar qualquer iniciativa política futura.”

Embora a conferência de ontem, sediada na capital barenita Manama, tenha discutido as iniciativas econômicas referentes aos territórios palestinos ocupados (TPOs), o evento não fez qualquer menção às aspirações políticas do povo palestino.

Ao comentar sobre o discurso Jared Kushner, conselheiro sênior do presidente americano Donald Trump, Ashrawi destacou que o plano dos Estados Unidos sequer menciona os refugiados palestinos. Ela reiterou que Kushner “deliberadamente” ignorou a ocupação de Israel na Faixa de Gaza e na Cisjordânia, além de evitar qualquer comentário sobre a possibilidade de estabelecer um estado palestino.

Categorias
Ásia & AméricasBahreinEUAIsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments