Portuguese / English

Middle East Near You

Líder houthi diz que metade das embarcações ligadas a Israel foi barrada por ataques

As pessoas ouvem o líder houthi Abdul-Malik al-Houthi enquanto ele fala por videoconferência, em Sana'a, Iêmen, em 17 de março de 2023 [Mohammed Hamoud/ Agência Anadolu].

O líder do movimento Houthi do Iêmen, Abdul-Malik Al-Houthi, disse no domingo que metade dos navios ligados a Israel tiveram suas viagens interrompidas pelos ataques do grupo realizados em solidariedade aos palestinos em Gaza.

“Nossas operações navais tiveram um impacto nas economias israelense, norte-americana e britânica”, acrescentou Al-Houthi em um discurso televisionado transmitido pelo canal Al-Masirah do grupo. “A navegação ligada aos israelenses pelo Mar Vermelho foi quase paralisada.”

LEIA: Empresas de navegação tentam evitar Mar Vermelho e ataques houthis

De acordo com o líder Houthi, os EUA e a Grã-Bretanha decidiram voluntariamente assumir o problema com Israel. Os EUA em particular, disse ele, estão acostumados a implicar os outros. Não houve nenhum comentário de Israel, dos EUA ou do Reino Unido sobre a alegação Houthi.

Quando os EUA e o Reino Unido ficaram do lado do estado de ocupação e lançaram ataques aéreos de retaliação contra as instalações Houthi no Iêmen, o movimento declarou que todos os navios americanos e britânicos estavam envolvidos no ataque.

Categorias
IêmenIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Palestina: quatro mil anos de história
Show Comments