Portuguese / English

Middle East Near You

MEMO em Londres lança novo livro de Ilan Pappé sobre o lobby sionista

Ao conversar com leitores, durante evento organizado pelo MEMO em Londres, Pappé citou, entre outros dados, antissemitas históricos e atuais que apoiaram o sionismo

O Monitor do Oriente Médio (MEMO) em Londres, no Reino Unido, em colaboração com a Editora Oneworld e a Fundação Córdoba, realizou em 11 de junho o lançamento do novo livro do renomado historiador israelense Ilan Pappé, intitulado, em sua versão inglês, Lobbying for Zionism on Both Sides of the Atlantic — ou, em tradução livre, O lobby sionista dos dois lados do Atlântico.

A obra explora as intrincadas e poderosas redes que defendem os interesses coloniais sionistas nos Estados Unidos e na Europa. Pappé meticulosamente documenta como esses esforços de lobby influenciam a política externa, a opinião pública e as narrativas de mídia sobre as décadas de colonização israelense da Palestina histórica.

Pappé, professor de História da Universidade de Exeter, autor do best-seller A limpeza étnica da Palestina (Editora Sundermann, 2017), comentou sua mais recente pesquisa, ao compartilhar sua motivação em tentar elucidar o “dilema” em questão. Pappé logo questiona: “Por que Israel, que se diz um Estado de alta tecnologia, com total apoio do Ocidente, ainda tenta promover sua legitimidade?”. Para o escritor, a resposta está na pergunta, por conta da “incerteza que orbita sua legitimidade”.

ASSISTA: Mais de cinco meses após a agressão israelense à Faixa de Gaza, o historiador e pesquisador israelense Ilan Pappé expressa sua avaliação da situação atual

Em contrapartida, reitera Pappé, os palestinos nativos, cujas reivindicações são moral, histórica e politicamente legítimas “não obtêm êxito em impactar a política”.

O evento contou com um painel distinto de participantes, incluindo a médica, autora e pesquisadora palestina Ghada Karmi, que celebrou o livro como “impressionante”, ao trazer à luz questões como as “origens do sionismo cristão”. Karmi lamentou o trauma imposto aos palestinos, que, “como povo camponês”, não poderia imaginar “tamanho movimento ideológico, muito bem financiado, para expulsá-lo de suas terras”.

O dr. Daud Abdullah, diretor do MEMO em Londres e autor de diversos livros, incluindo A Construção da Política Externa do Hamas, com versão em português (2023), também compartilhou sua reflexão sobre a importância da obra de seu colega israelense. Para Abdullah, ao mencionar o livro The Israel Lobby and U.S. Foreign Policy, de Stephen Walt e John Mearsheimer, “desde 2007 ninguém tentou produzir um trabalho tão abrangente sobre o lobby israelense”. Segundo o pesquisador granadino, contudo, Pappé foi ainda além da obra que o antecedeu, ao “examinar as ações na Europa e no Reino Unido, em particular, de modo a tornar seu livro único e muito bem-vindo”.

O professor Nur Masalha, nascido na Galileia, membro discente da Escola de Estudos Orientais e Africanos da Universidade de Londres, autor de Palestina: Quatro mil anos de História (2023) e Expulsão dos Palestinos (2021), deu contexto adicional ao debate. Masalha relatou experiências pessoais e enfatizou a importância de “viajar ao passado para compreender o presente”, ao notar que “muitos dos argumentos horríveis usados hoje pelos sionistas foram construídos há séculos, por cristãos evangélicos”. Masalha observou ainda o papel do “cristianismo milenar” e do “cristianismo restauracionista” em promover os interesses do Império Britânico.

LEIA: Sionismo cristão no Brasil é discutido em Israel

O evento de lançamento foi moderado por Anas Altikriti, fundador e diretor executivo da Fundação Córdoba, que organizou a conversa e orientou o público presente a uma sessão de perguntas e respostas notavelmente intrigante.

Lobbying for Zionism on Both Sides of the Atlantic está disponível em inglês através da Editora Oneworld e livrarias.

As opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade do autor e não refletem necessariamente a política editorial do Middle East Monitor.

Categorias
ArtigoIsraelOriente MédioPalestinaResenhasResenhas - Eventos & ArtigosVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Palestina: quatro mil anos de história
Show Comments