Portuguese / English

Middle East Near You

Metade da população de Gaza poderá morrer de fome até meados de Julho, diz ONU

O chefe humanitário da ONU avisou ontem que metade da população de Gaza pode passar fome e morrer até meados de julho.

Numa declaração, Martin Griffiths, o subsecretário-geral da ONU para os assuntos humanitários, disse que os conflitos no Sudão e em Gaza estão a ficar fora de controle, empurrando milhões de pessoas para a beira da fome.

O Secretário-Geral da ONU salientou que os aspectos técnicos estão a impedir a declaração formal de fome em Gaza e no Sudão, onde as pessoas já estão a morrer de fome.

LEIA: Hospital de Gaza registra 50 casos de desnutrição infantil em apenas uma semana

Em Gaza, espera-se que mais de um milhão de pessoas, representando metade da população, enfrentem a morte e a fome até meados de julho, acrescentou Griffiths.

No Sudão, pelo menos cinco milhões de pessoas estão à beira da fome, acrescentou.

As comunidades de mais de 40 zonas de fome no Sudão também correm o risco de cair na fome no próximo mês, incluindo zonas nos Estados de Al Jazeerah, Darfur, Cartum e Kordofan.

Categorias
IsraelNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestinaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Palestina: quatro mil anos de história
Show Comments