Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Soldados israelenses atacam crianças com gás lacrimogêneo em Hebron

1
Forças israelenses disparam contra palestinos na Cisjordânia ocupada, em 25 de novembro de 2021 [Nedal Eshtayah/Agência Anadolu]

Nesta quinta-feira (1°), tropas da ocupação israelenses atacaram crianças palestinas a caminho de sua escola em Deir Samet, ao sul da cidade de Hebron (Al-Khalil), na Cisjordânia ocupada. As informações são da rede de notícias Wafa.

Soldados dispararam gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral nos arredores e no interior do Colégio Fundamental Akka. Dezenas de alunos e funcionários apresentaram sintomas de asfixia.

Segundo Yasser Saleh, oficial do Ministério da Educação da Autoridade Palestina, os professores conseguiram guiar os alunos para dentro da escola, de modo a evitar ferimentos graves.

O Colégio Fundamental Akka é uma das nove escolas palestinas situadas na área H2 de Hebron, que recai sob controle civil e militar da ocupação israelense, vulnerável a agressão cotidiana por parte de soldados e colonos ilegais.

Crianças costumam atravessar os postos de controle militar Qitoun/209 e 160/29, instalados na região, para chegar a suas escolas.

A área abriga 32 mil palestinos e é considerada uma das mais vulneráveis às violações coloniais. A atmosfera geral é de terror, tanto para estudantes quanto seus professores.

A cidade de Hebron (Al-Khalil), abriga o Túmulo dos Patriarcas, ou Mesquita Abraâmica, além de aproximadamente 160 mil palestinos e 800 colonos israelenses que residem em complexos sob guarda armada de soldados da ocupação.

Israel expulsou os únicos observadores internacionais que protegiam os palestinos de Hebron. Os colonos locais, responsáveis pelo massacre de 1994 cometido na mesquita, são considerados particularmente agressivos.

LEIA: Israel matou 40 crianças palestinas e prendeu 770 neste ano, alerta relatório

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments