Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

‘A selvageria de Israel não tem fim’, alerta Irã nas Nações Unidas

Presidente do Irã Ebrahim Raisi durante encontro de seu gabinete em Teerã, 13 de julho de 2022 [Presidente do Irã/Agência Anadolu]

“A selvageria de Israel não tem fim”, afirmou o Presidente do Irã Ebrahim Raisi em seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, nesta quarta-feira (21).

“O assassinato de crianças e mulheres é algo presente no histórico sombrio do regime sionista”, reiterou Raisi. “Israel estabeleceu a maior prisão do mundo em Gaza e continua a expandir seus assentamentos e empreendimentos ilegais nos territórios palestinos”.

“O assassinato de mulheres e crianças palestinas comprova a todos nós que sete décadas de ocupação e selvageria israelense ainda estão entre nós e não parecem ter fim”, prosseguiu o presidente da república islâmica, empossado em agosto de 2021.

“A potência sionista ocupante, que tomou Jerusalém e outras terras da região, não representa um parceiro de segurança e estabilidade”, advertiu o ex-chefe do judiciário iraniano.

Não obstante, ao adotar um tom propositivo perante o fórum internacional, Raisi convocou os membros da assembleia anual a votar pelo reconhecimento de um estado único para todos os palestinos – “muçulmanos, cristãos e judeus” –, com intuito de solucionar o conflito.,

LEIA: É hora de enterrar as cúpulas árabes para sempre

Categorias
IrãIsraelNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments