Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Jovem palestino é executado em casa por soldados de Israel em Jerusalém ocupada

[@OnlinePalEng/Twitter]

As forças de ocupação israelenses “executaram” um jovem palestino na frente de sua família na manhã de segunda-feira em sua casa no bairro de Kafr Aqab, em Jerusalém ocupada. O jovem foi identificado como Mohammad Ibrahim Shaham, de 21 anos.

“As forças especiais israelenses invadiram nossa casa pouco depois das 3 da manhã e imediatamente abriram fogo contra mim e meu filho depois que saímos de nossos quartos para ver o que estava acontecendo”, explicou o pai do jovem morto. Quando ele correu de volta para seu quarto, seu filho foi baleado na cabeça à queima-roupa.

“O exército deixou meu filho sangrando por 40 minutos antes de levá-lo embora”, disse ele à agência de notícias Wafa. A família não sabia o paradeiro ou a condição de seu filho.

“Nós não sabíamos se ele estava vivo ou morto, mas uma bala na cabeça à queima-roupa significa que ele estava morto. Foi uma execução a sangue frio.”

O exército israelense alegou que seus soldados abriram fogo contra Shaham depois que ele os “confrontou” enquanto realizavam uma inspeção de segurança na casa, informou a mídia israelense. Esse tipo de explicação para as execuções dentro das casas palestinas de vítimas desarmadas é naturalizada por Israel.

LEIA: A campanha de agosto do Apartheid Sionista contra a Palestina

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments