Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Centenas de israelenses invadem Al-Aqsa em meio a ataques a Gaza

Incursões de colonos ilegais continuam em meio a ataques aéreos contra a Faixa de Gaza
Incursões de colonos ilegais continuam em meio a ataques aéreos contra a Faixa de Gaza

Centenas de colonos israelenses invadiram o complexo sagrado da Mesquita de Al-Aqsa, ponto crítico na cidade de Jerusalém, reportou uma fonte do Departamento de Recursos Islâmicos de Jerusalém ocupada – ou Waqf, sob gestão da Jordânia.

As informações são da agência de notícias Anadolu.

Colonos entraram no local pelo portão de al-Mugharbah sob escolta armada da polícia israelense. Dentre os invasores, estava o rabino de ultradireita Yehuda Glick.

As incursões coloniais coincidem com uma escalada de tensões nos territórios palestinos devido a novo ataques aéreos executados por Israel contra a Faixa de Gaza sitiada.

Ao menos 29 palestinos foram mortos até então – incluindo seis menores e quatro mulheres. Mais de 250 pessoas ficaram feridas em apenas três dias de bombardeios.

A Mesquita de Al-Aqsa é o terceiro lugar mais sagrado para o islamismo. Extremistas judeus, contudo, descrevem o complexo religioso como “Templo do Monte”, ao reivindicá-lo como local de dois templos da Antiguidade.

Desde 2003, autoridades israelenses permitem a entrada de colonos quase diariamente. Israel ocupou Jerusalém Oriental – onde está Al-Aqsa – em 1967 durante a chamada Guerra dos Seis Dias. Em 1980, anexou toda a cidade, medida jamais reconhecida internacionalmente.

LIEA: A ofensiva de Israel em Gaza continua, mediadores são incapazes de pará-la

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments